Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de minerais pesados em depósitos quaternários na Bacia Paraíba

Processo: 09/50202-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2009
Vigência (Término): 31 de maio de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Ana Maria Góes
Beneficiário:Lucas Villela Cassini
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Correlação estratigráfica   Depósitos minerais

Resumo

A Bacia Paraíba tem sido estudada sob os pontos de vista sedimentológico, paleontológico e tectônico. Apesar do grande esforço visando à elaboração de um modelo evolutivo para a sucessão sedimentar desta bacia, existem poucos trabalhos referentes à caracterização das unidades sedimentares quaternárias e sua organização estratigráfica, as quais devem ser investigadas a fim de melhor reconstituir a história de evolução sedimentar desta bacia. Neste sentido, este trabalho, com ênfase no estudo de minerais acessórios em arenitos coletados em unidades quaternárias aflorantes na Bacia do Paraíba, visa contribuir para correlação estratigráfica e proveniência sedimentar destes depósitos. A análise de minerais pesados é uma técnica sensível e amplamente empregada em estudos estratigráficos, principalmente no caso de unidades afossilíferas. Além disso, a paragênese ou assembléias formadas por estes minerais fornecem informações cruciais sobre os tipos de rochas-fonte que não podem ser adquiridas por outros meios, o que é fundamental na determinação da proveniência de unidades sedimentares. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.