Busca avançada
Ano de início
Entree

Diversidade bacteriana de um consórcio degradador de resíduo celulósico da biomassa

Processo: 10/12261-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Bioquímica de Microorganismos
Pesquisador responsável:Lúcia Maria Carareto Alves
Beneficiário:Maria Luiza Mendes de Almeida
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Biomassa   Etanol   Lignocelulose   Hidrólise

Resumo

É consenso atual, tanto do meio acadêmico como das autoridades governamentais, da necessidade de fomentar a produção brasileira de etanol a partir da biomassa de plantas, que deve ocorrer não somente pela utilização dos açúcares fermentáveis, tais como o amido e a sacarose, mas também partindo de frações de lignocelulose. Alguns resíduos da agroindústria constituídos deste substrato podem ser utilizados para a produção de biocombustíveis. A produção de etanol partindo de frações de lignocelulose, apresenta atualmente algumas restrições de utilização, principalmente porque os produtos comerciais disponibilizados para a degradação da lignocelulose são de alto custo e apresentam porcentagem baixa de obtenção de açúcares fermentáveis, o que inviabiliza sua utilização em larga escala. O estudo de alternativas para a obtenção de açúcar fermentável de resíduos de lignocelulose para a produção de álcool, por meio da obtenção de consórcios microbianos pode ser uma importante contribuição. O acesso molecular individual aos tipos de bactérias existentes na natureza tem sido baseado na determinação das sequências 16S rRNA amplificadas e clonadas a partir deste DNA obtido do solo. Isto posto, o propósito deste projeto de pesquisa é isolar um consórcio bacteriano de amostra de solo contendo bagaço de cana-de-açúcar em decomposição e identificar os componentes do consórcio por clonagem e sequenciamento do gene 16SrRNA. (AU)