Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do papel dos microRNAs no controle da expressão gênica promíscua no timo de camundongos NOD (non obese diabetic)

Processo: 06/56741-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2007
Vigência (Término): 30 de junho de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunogenética
Pesquisador responsável:Geraldo Aleixo da Silva Passos Júnior
Beneficiário:Márcia Maria Chiquitelli Marques Silveira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Análise de sequência com séries de oligonucleotídeos   Diabetes mellitus   Timo   Expressão gênica   Tolerância imunológica

Resumo

O projeto atual está dentro da linha de imunogenética molecular das doenças auto imunes e refere-se ao estudo comparativo da expressão gênica promíscua de antígenos específicos de tecidos (TSAs) no timo de camundongos da linhagem NOD (non obese diabetic) que reproduz o diabetes mellitus do tipo 1, durante a transição do estado pré auto imune e auto imune. Utilizaremos as tecnologia dos oligo arrays para investigar a expressão de microRNAs e dos cDNA microarrays para investigar a expressão de genes codificadores de TSAs (tissue specific antigens). Além disso, programas de bioinformática serão aplicados à mensuração da expressão gênica em larga escala (análise por agrupamento hierárquico, por significância estatística e construção de redes gênicas), pois concebemos que fenômenos complexos como a indução de tolerância imunológica e o surgimento de doenças auto imunes só serão mais bem entendidos por meio da genômica funcional em larga escala. A idéia central é traçarmos assinaturas de expressão gênica diferencial do timo em diferentes fases (estado pré auto imune; transição; estado auto imune) e, com o uso de programas de bioinformática aplicados à análise de dados de arrays (Cluster & Tree View (para assinaturas de expressão), SAM (para estatística dos microRNAs e genes de TSAs diferencialmente expressos) e Gene Network (para estabelecermos redes gênicas entre microRNAs e genes de TSAs). Nossa (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.