Busca avançada
Ano de início
Entree

Cinemática do andar de crianças iniciantes na marcha nascidas a termo e pré-termo

Processo: 10/07921-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2010
Vigência (Término): 30 de junho de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Isabel de Camargo Neves Sacco
Beneficiário:Diego Oliveira Macedo
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Biomecânica   Cinética   Diabetes mellitus   Polineuropatias

Resumo

Contexto: a diabetes mellitus leva a diversas complicações crônicas que contribuem para o aumento da morbidade e mortalidade dos pacientes e entre elas, está a neuropatia periférica. A marcha do indivíduo portador de diabetes e da complicação crônica mais comum, a neuropatia diabética, é alvo de estudos biomecânicos e evidencia inúmeras modificações no padrão clássico de uma marcha normal. Pode-se destacar na literatura: aumentos nos picos de pressão plantar que podem levar a ulcerações, alterações dos parâmetros espaço-temporais, alterações na acomodação da força reação do solo e controversas alterações na ação e função muscular, combinadas a uma perda das propriedades mecânicas dos tecidos biológicos. Estas mudanças biomecânicas, quando compreendidas globalmente geram um padrão relativamente ineficiente do ponto de vista de absorção dos impactos na locomoção, contribuindo de forma direta para a etiologia da ulceração plantar. São escassos e pouco conclusivos os estudos que procuraram identificar as causas deste movimento desarmônico por meio de estudos das forças e momentos articulares. O presente estudo parte da premissa de que a neuropatia na história clínica do diabético é um sinal da piora da doença e que, a evolução da neuropatia acaba por levar a mudanças nas estratégias de controle da marcha e que podem estar relacionadas aos inúmeros fatores intrínsecos biomecânicos que alteram a eficiência locomotora, prejudicando as atividades de vida diárias. Objetivos: este estudo tem como objetivo deste projeto é investigar a influência da progressão da diabetes nos momentos resultantes articulares de membro inferior durante a marcha. Métodos: serão analisados dados obtidos em estudo prévio da marcha de diabéticos, diabéticos neuropatas e não diabéticos. Foram obtidos previamente a esta proposta dados cinemáticos e de força reação do solo de 45 voluntários adultos de ambos os sexos, não idosos, divididos em grupo controle, grupo diabético e grupo diabético neuropata. O membro inferior, aleatoriamente escolhido, foi avaliado durante a marcha por meio de 6 câmeras de vídeo e uma plataforma de força. O método da dinâmica inversa será utilizado para o cálculo dos momentos de força resultantes de quadril, joelho e tornozelo no plano sagital no software ARENA (Natural Point) e Visual 3D (C-Motion). O estudo dos momentos articulares do membro inferior durante o apoio poderá revelar aspectos da situação causal da geração do movimento alterado destes sujeitos e ainda, em que momento ao longo da progressão da doença as alterações da marcha podem ser mais evidenciadas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SACCO, ISABEL C. N.; PICON, ANDREJA P.; MACEDO, DIEGO OLIVEIRA; BUTUGAN, MARCOS KENJI; WATARI, RICKY; SARTOR, CRISTINA D. Alterations in the Lower Limb Joint Moments Precede the Peripheral Neuropathy Diagnosis in Diabetes Patients. DIABETES TECHNOLOGY & THERAPEUTICS, v. 17, n. 6, p. 405-412, JUN 1 2015. Citações Web of Science: 10.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.