Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do papel dos músculos glúteo máximo e reto abdominal na função estabilizadora de tronco e quadril em diferentes exercícios em quadrupedia do Método Pilates

Processo: 08/03578-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2008
Vigência (Término): 30 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Isabel de Camargo Neves Sacco
Beneficiário:Mariana Fernandes Cagliari
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Biomecânica   Estabilidade   Terapia por exercício   Pilates   Eletromiografia

Resumo

Contextualização: A estabilização da coluna depende do trabalho coordenado de diversos grupos musculares e muitos exercícios de estabilização, como os feitos em quadrupedia, são utilizados para o controle dinâmico das forças e para minimizar a carga articular. O método Pilates é um sistema de exercícios que trabalha intensamente a musculatura abdominal que se difundiu em larga escala entre os profissionais da saúde nas últimas décadas. Embora a pesquisa e a literatura científica sejam relativamente escassas e recentes sobre o método, ele vem sendo aplicado em diversas áreas da reabilitação, inclusive nas disfunções da região lombar. Na reabilitação lombar, destaca a aplicação dos exercícios "Knee Stretch" do Método Pilates, realizados em quadrupedia, onde um comportamento estável desta região é fundamental para o movimento eficiente do tronco. Objetivos: Propomos avaliar e comparar a atividade eletromiográfica dos músculos reto abdominal e glúteo máximo durante quatro variações do "Knee Stretch": em anteversão da pelve com extensão de tronco; em retroversão da pelve com flexão de tronco; pelve neutra com tronco inclinado em relação ao solo; e pelve neutra com o tronco paralelo ao solo. Métodos: A amostra será composta por 20 voluntários adultos, assintomáticos com treinamento prévio em Pilates, cuja postura será avaliada por inspeção visual para estabelecer a posição de pelve neutra e após esta determinação, os músculo reto abdominal e glúteo máximo serão avaliados eletromiograficamente sincronizadamente com a avaliação da amplitude angular de quadril por meio de um eletrogoniômetro durante a execução das quatro variações do exercício "Knee Stretch". Hipóteses: 1) nas quatro variações dos exercícios Knee Stretch haverá uma ativação antecipada do músculo reto abdominal em relação ao músculo glúteo máximo; 2) no exercício Knee Stretch com flexão de tronco e retroversão de pelve, o intervalo entre a ativação do m. reto abdominal e o músculo glúteo máximo será menor que nas outras variações, devido ao maior pré encurtamento destas musculaturas; 3) a relação entre a ativação do músculo reto abdominal e do músculo glúteo máximo na posição de extensão de tronco e anteversão de pelve será maior que nas outras posições, devido ao maior esforço isométrico do músculo reto do abdome em controlar a simultânea extensão isométrica de tronco e dinâmica de quadril; e 4) a posição de pelve neutra com tronco paralelo ao solo terá uma relação entre a atividade do músculo reto do abdome e o músculo glúteo máximo semelhante a posição de pelve neutra com o tronco inclinado em relação ao solo, mas com maior produção de força do músculo glúteo máximo, pela maior amplitude de movimento de quadril do que nas outras posições, partindo de uma posição de alongamento deste músculo. Portanto, esta posição poderá ser indicada como a ideal para a fase inicial da reabilitação lombar.