Busca avançada
Ano de início
Entree

Matéria médica, escravidão e tráfico no Brasil (1683-1850)

Processo: 99/03869-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 1999
Vigência (Término): 31 de julho de 2001
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História
Pesquisador responsável:Silvia Hunold Lara
Beneficiário:Maria Cristina Cortez Wissenbach
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil

Resumo

Tendo como base a interpretação de obras luso-brasileiras, a presente pesquisa visa estabelecer as mediações existentes entre escravidão e conhecimentos médicos no período compreendido entre os finais do século XVH e meados do século XIX. Procurar-se-á acompanhar as inflexões que as demandas da prática de atendimento aos plantéis e as circunstâncias do comércio interatlântico de escravos imprimiram à constituição do saber médico da época, inserindo-o num processo mais amplo de assimilações, mesclas e trocas culturais entre tradições terapêuticas e concepções de doenças de diferentes origens. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)