Busca avançada
Ano de início
Entree

Retratos de deficiência e de doença mental: intersecções entre a história da educação especial e a história da arte

Processo: 02/09002-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2003
Vigência (Término): 30 de novembro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Pesquisador responsável:Lucia Helena Reily
Beneficiário:Ariane Tupinamba dos Santos
Instituição-sede: Faculdade de Educação. Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-CAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Deficiência mental   Educação especial   História da arte

Resumo

Neste estudo, o recorte são as imagens que retratam a deficiência e a doença mental, bem como os espaços reservados para o tratamento, na história da arte. A iconografia constituída sobre esta temática apresenta um campo inexplorado que poderá revelar o papel dos artistas visuais na constituição e manifestação coletiva de concepções sociais sobre a diferença. Pretende-se investigar a validade da hipótese de que ao projetar na imagem da doença o medo de contrai-la, marcamos as fronteiras da doença por meio da representação. Além de realizar uma varredura em livros de história da arte na busca de imagens que retratam pessoas com deficiência e doença mental, este estudo também se propõe a investigar a obra de artistas que eram portadores de deficiência ou psicopatologia, para encontrar outras evidências da representação da deficiência ou espaços de tratamento. A análise e classificação do material permitirá discussão em contraponto com a história da educação especial e produção de material visual sobre o assunto. (AU)