Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação teórica acerca da relação entre o modo de vida contemporâneo e o uso de substancias psicoativas

Processo: 06/61067-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2007
Vigência (Término): 31 de outubro de 2007
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Elizabeth Maria Freire de Araújo Lima
Beneficiário:Aline Godoy Vieira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Saúde mental   Terapia ocupacional   Sociedade de consumo   Formulação de políticas

Resumo

A construção da subjetividade contemporânea acontece em meio a um bombardeio de informações sobre como se pode e deve ser feliz. A idéia de felicidade é associada ao consumo estimulado peia publicidade e pela mídia em geral. Há um ordenamento das atividades humanas e dos fazeres cotidianos que os reduzem ao denominador comum de um labor voltado a assegurar a produção e o consumo de coisas necessárias à manutenção da vida e à busca imediata do prazer. (Arendt, 2003; Costa, 2004; Lima, 2004). O consumo aparece como um modo de vida e de inclusão. Consumir substâncias psicoativas não está fora dessa lógica (Silveira, 2001). Podemos estabelecer, assim, uma relação entre o consumo de drogas e o modo devida que predomina no contemporâneo. Esta pesquisa visa alcançar uma formulação mais precisa das questões que envolvem as relações entre o modo de vida da sociedade de consumo, a organização das atividades e dos fazeres cotidianos e o consumo de álcool e outras substâncias psicoativas. Os resultados contribuirão para construir subsídios para estudos posteriores e para pensar ações em Terapia Ocupacional nesse campo, que já ocorrem em escala significativa. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)