Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização bioquímica de proteases do sobrenadante de "Xylella Fastidiosa" e estudo de pH

Processo: 01/00465-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2001
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2001
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Tsai Siu Mui
Beneficiário:Luciana Maria Fedatto
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Citrus   Crescimento celular   Xylella fastidiosa   Peptídeo hidrolases

Resumo

A ação patogênica de Xylella fastidiosa, causadora da clorose variegada dos citros (CVC) pode ser explicada pela produção de toxinas/oligopeptídeos secretadas por este microrganismo no meio de crescimento, as quais podem ser de natureza protéica (antibióticos ribossomais) ou não-protéica (via não-ribossomal). Este plano propõe desenvolver estudos com a bactéria X. fastidiosa na identificação de proteases e verificar se há perda de atividades enzimáticas produzidas por esta bactéria em meio líquido. Quimioensaios serão realizados para a busca de possíveis proteases. O estudo do pH também poderá identificar qual a melhor condição para crescimento e produção de proteínas, as quais poderão estar envolvidas na patogenicidade. A presente proposta tem como um aspecto relevante a possibilidade da candidata de desenvolver: e aprofundar seus conhecimentos em microbiologia e bioquímica. Sua experiência já adquirida em nosso laboratório complementará os objetivos do projeto Genoma Funcional, intitulado "Investigação e caracterização in vitro de toxinas/oligopeptídeos não-ribossomais do sobrenadante de Xylella fastidiosa", do Lab. de Biologia Celular e Molecular. A sua contribuição será, portanto, na elucidação de alguns pontos, ainda não esclarecidos, tais como caracterizar bioquimicamente a produção de tais proteases, degradadora de outras proteínas. (AU)