Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da influência da estimulação elétrica neuromuscular na composição corporal (porcentagem de gordura), índices lipídicos e glicêmicos em pacientes com lesão medular

Processo: 08/58868-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Alberto Cliquet Junior
Beneficiário:Daniela Tavares Possagnolo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Colesterol   Traumatismos da medula espinal   Estimulação elétrica

Resumo

Introdução: Pacientes que sofreram lesão medular são extremamente afetados por suas condições de imobilidade e sedentarismo. Por esse motivo, possuem uma tendência a apresentar maior índice de gordura corpórea, alto colesterol e elevada resistência à insulina, fatores que aumentam os riscos do desenvolvimento de hipertensão, problemas cardíacos e respiratórios, predisposição a diabetes mellitus e fraturas ósseas. Objetivos: Avaliar a influência da estimulação elétrica neuromuscular com exercícios físicos sobre a porcentagem de gordura, os níveis de colesterol, triglicérides e glicose em pacientes com lesão medular. Justificativa: A importância desse estudo está em observar a influência da estimulação elétrica neuromuscular e prática de exercícios físicos moderados como reabilitação para o lesado medular visando a melhora de sua imobilidade e estado de sedentarismo; reduzindo, desta forma, seu porcentual de gordura e níveis séricos de lipídios e glicose, fatores associados a doenças crônicas e fatais. Casuística: Serão selecionados quatro grupos: um grupo de pacientes que ainda não iniciaram o trabalho com estimulação elétrica neuromuscular e dois que já fazem frequentemente, sendo um grupo de paraplégicos e outro de tetraplégicos e um grupo controle de pessoas saudáveis. Serão realizadas medidas de porcentual de gordura através do método de bioimpedância e índices lipídicos (colesterol total, HDL, LDL, triglicérides) e glicídicos (glicose) através de exames de sangue laboratoriais. Método: As medidas serão feitas no início do projeto e serão refeitas após 6 meses para que possa ser estabelecida a comparação e evolução dos índices ao longo do tempo e assim, a eficácia da estimulação elétrica neuromuscular e exercícios moderados nos parâmetros acima. (AU)