Busca avançada
Ano de início
Entree

Método e retórica na economia das expectativas racionais

Processo: 99/07004-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 1999
Vigência (Término): 30 de abril de 2000
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Teoria Econômica
Pesquisador responsável:Ana Maria Afonso Ferreira Bianchi
Beneficiário:Rafael de Almeida Paulillo
Instituição-sede: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Positivismo   Retórica

Resumo

O presente projeto de pesquisa estudará a metodologia de análise econômica proposta pelos teóricos das expectativas racionais, ou os novos economistas clássicos, como essas idéias influenciaram o campo da macroeconomia e as principais críticas metodológicas que essas idéias sofreram. Inicialmente iremos ver as grandes mudanças que a hipótese de expectativas racionais trouxe para a ciência econômica, principalmente para a macroeconomia, tomando uma direção para uma maior formalização, abstração e axiomatização de seus modelos. Depois estudaremos o discurso desses economistas sobre método. É sabido que eles se consideram seguidores das idéias de Popper, Friedman e Samuelson, por isso torna-se importante compreender os fundamentos de tais idéias. Finalmente, estudaremos os críticos desse processo, que podem ser divididos em dois grupos principais: os que argumentam que os novos clássicos não seguem na prática a metodologia popperiana, mas deveriam fazê-lo, e os que discordam desse método, considerado positivista, e que acham necessário estudar mais como os economistas se comunicam, isto é, sua retórica. (AU)