Busca avançada
Ano de início
Entree

A estrutura do campo magnético da Pequena Nuvem de Magalhães

Processo: 08/08155-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Astrofísica do Meio Interestelar
Pesquisador responsável:Antônio Mário Magalhães
Beneficiário:Aiara Lobo Gomes
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/12589-1 - Stars, the interstellar medium and their interrelationships, AP.TEM
Assunto(s):Campo magnético   Poeira interestelar   Nuvens de Magalhães

Resumo

Este projeto visa estudar o campo magnético interestelar de regiões da Pequena Nuvem de Magalhães (PNM) eventualmente afetadas pela interação entre a Pequena e a Grande Nuvem de Magalhães. Utilizaremos dados de polarimetria de imagem óptica, tomadas no Cerro Tololo Interamerican Observatory (CTIO), para detectar a polarização causada por grãos alinhados magnéticamente pelo campo magnético interestelar da PNM. A polarização linear óptica traçará assim a direção projetada do campo magnético, permitindo-nos determinar as características do campo Pan-Magellânico. Um dos objetivos finais é o de comparar nossos resultados com as fontes e estruturas encontradas pelo satélite Spitzer entre 3.6 e 8 microns. Usaremos ainda a dispersão dos ângulos dos vetores de polarização em dada região para estimar a intensidade da componente do campo magnético projetada no plano do céu.