Busca avançada
Ano de início
Entree

Obtenção de cimento ósseo para implantes crânio-maxilofaciais personalizados

Processo: 03/09520-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2003
Vigência (Término): 30 de novembro de 2005
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica
Pesquisador responsável:Anselmo Ortega Boschi
Beneficiário:Bruno Carvalho Juncioni
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Cimentos para ossos   Próteses e implantes   Hidroxiapatita

Resumo

As biocerâmicas de hidroxiapatita (HA), beta-fosfato tricálcico (beta-TCP) e bifásicas (HA+beta-TCP-BCP) são extensamente utilizadas na reparação de defeitos ósseos. Muitas dessas aplicações requerem implantes com formas complexas, difícil de serem obtidas pelos procedimentos cerâmicos convencionais. Um novo tipo de biomaterial surgiu em meados da década de 80 conhecido como cimento de fosfato de cálcio, estes cimentos são constituídos por um pó e um líquido que ao se misturarem formam uma pasta moldável que endurece e dá pega em um determinado tempo em decorrência da precipitação de cristais de fosfato de cálcio. O objetivo do presente trabalho é o estudo de uma formulação de cimento ósseo de fosfato de cálcio, visando sua utilização para a fabricação de implantes crânio-maxilofaciais personalizados baseados na sua conformação e posterior transformação desses corpos moldados em HA e/ou BCP. O plano de execução do projeto deverá obedecer as etapas de obtenção e caracterização dos materiais de partida, obtenção do cimento ósseo, determinação do tempo de pega e hidrólise do cimento ósseo. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.