Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da variação do metabolismo secundário da esponja marinha Aplysina fulva em função de sua distribuição geográfica. 4.metabolitos secundários de Aplysina fulva de um mangue da Baía de Todos os Santos

Processo: 04/08708-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2004
Vigência (Término): 30 de setembro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Roberto Gomes de Souza Berlinck
Beneficiário:Suzi Oliveira Marques
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/03095-5 - Produtos de invertebrados marinhos: agentes quimioterápicos anti-proliferativos, antibióticos, e contra doenças tropicais, AP.TEM
Assunto(s):Alcaloides   Produtos naturais marinhos   Biogeografia

Resumo

Resultados obtidos até o momento presente pelo nosso grupo sobre o estudo de diferentes amostras da esponja Aplysina fulva indicam que o metabolismo secundário desta esponja apresenta variações segundo a sua distribuição geográfica. Assim, o presente projeto objetiva: a) verificar a ocorrência, de derivados da dibromotirosina em A. fulva coletada em um mangue da Baía de Todos os Santos (BA), local onde está esponja foi recentemente coletada pela 1ª vez; b) b) Se detectada a presença de substâncias desta classe, realizar um estudo detalhado dos seus constituintes, de tal maneira a se estabelecer um paralelo entre os constituintes químicos dessa amostra de A fulva e substâncias previamente isoladas de outras amostras desta esponja coletadas em Arraial do Cabo, Angra dos Reis e São Sebastião; c) Isoladas em quantidades suficientes, testar as substâncias isoladas em testes de atividade antimicrobiana contra linhagens da bactéria Staphylococcus aureus resistentes à antibióticos e contra linhagens de células tumorais humanas. (AU)