Busca avançada
Ano de início
Entree

Mapeamento do sítio miotóxico de Bothropstoxina-I, uma PLA2-Lys49 do veneno de Bothrops jararacussu, através de mutagênese sítio-dirigida

Processo: 01/04812-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2001
Vigência (Término): 31 de maio de 2002
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Richard John Ward
Beneficiário:Cassia Lot Moretti
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:96/11165-3 - Investigação da relação entre estrutura e função em fosfolipase lisina 49, AP.JP
Assunto(s):Fosfolipases A2   Mutagênese sítio-dirigida

Resumo

As PLA2s-Lys49 apresentam uma variedade de propriedades farmacológicas inclusive a miotoxicidader. O mecanismo de ação destas miotoxinas é ainda pouco entendido, e uma caracterização preliminar do sítio miotóxico foi realizada com mutagênese sítio dirigida da região C-terminal de BthTX-I, uma PLA2-Lys49 isolada do veneno de Bothrops jararacussu. Através de uma análise computacional de 72 seqüências de PLA2s, foram identificadas 2 pares de resíduos Glu86/Lys93 e Arg107/Glu108 que ocorrem com alta freqüência em proteínas miotóxicas. Devido a conservação do par de resíduos Glu86/Lys93 localizados próximos a interface dimérica das PLA2s, foi sugerido a participação destes resíduos nos efeitos farmacológicos apresentados por as PLA2-Lys49. Pretendemos analisar a relação entre estrutura e função destas PLA2s, a partir de mutagênese sítio dirigida em Bothropstoxina I de Bothrops jararacussu, investigando o efeito das mutações pontuais Glu86Gly e Lys93Ala sobre a atividade miotóxica exercida por essas proteínas. (AU)