Busca avançada
Ano de início
Entree

Densidade de semeadura e regulador vegetal na cultura do arroz de terras altas irrigado por aspersao.

Processo: 07/58200-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2007
Vigência (Término): 30 de novembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Orivaldo Arf
Beneficiário:Juliana Souza Castilho
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Assunto(s):Irrigação por aspersão   Densidade de semeadura   Reguladores vegetais

Resumo

Dentre as formas para solucionar o problema de acamamento está o uso de cultivares resistentes, manejo adequado de água e nitrogênio. A aplicação de reguladores vegetais é outra alternativa, entretanto existem poucas informações na literatura sobre o assunto. O trabalho proposto tem como objetivo avaliar o efeito do regulador de crescimento etil-trinexapac no desenvolvimento e produtividade do arroz de terras altas em diferentes densidades de semeadura, em cultivo irrigado por aspersão. O delineamento experimental utilizado será o de blocos ao acaso, disposto em esquema fatorial 5 x 2, com quatro repetições. Os tratamentos serão constituídos por cinco densidades de semeadura (100,150,200, 250 e 300 sementes viáveis m-2) combinadas com e sem aplicação de regulador vegetal. A semeadura será realizada no mês de novembro utilizando quantidade de sementes necessária para se obter 180 plantas m-2 do cultivar Primavera. O projeto será desenvolvido no município de Selvíria - MS, na área experimental da Faculdade de Engenharia - UNESP, Campus de Ilha Solteira. O solo do local é LATOSSOLO VERMELHO de cerrado. Serão realizadas as seguintes avaliações: emergência de plântulas, floração, maturação, altura de plantas, grau de acamamento, número de panículas por metro quadrado, número total de grãos por panícula, número de grãos granados e chochos por panícula, massa de 100 grãos, produtividade de grãos e rendimento de engenho. (AU)