Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicacao de silicio em trigo cultivado em solo originalmente sob vegetacao do cerrado.

Processo: 03/13561-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2004
Vigência (Término): 30 de abril de 2006
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Orivaldo Arf
Beneficiário:Valdeci Orioli Júnior
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Assunto(s):Plantio direto

Resumo

O acúmulo de silício interfere no ataque de pragas e doenças na cultura de várias gramíneas, deixando estas mais resistentes a tais ataques, diminuindo ainda o grau de acamamento. Assim, o objetivo será avaliar o desenvolvimento da cultura do trigo sob aplicação de diferentes doses de silício (zero, 50, 100, 150, 200 e 250 kg/ha), utilizando como fonte um produto comercial com concentração de 10,7 % de Si e dois modos de aplicação em área de plantio direto (a lanço e a lanço seguido de escarificação do solo), sendo o espaçamento adotado de 0,17 a 0,20m entrelinhas e densidade de semeadura de 350 a 450 sementes viáveis/m2. O trabalho será desenvolvido no município de Selvíria-MS, em solo originalmente sob vegetação de cerrado. O delineamento experimental será o de blocos casualizados disposto em esquema fatorial 6x2 com 12 tratamentos constituídos pela combinação de doses de silício e modos de aplicação. Durante a condução do experimento serão realizadas as seguintes avaliações: massa seca de plantas, altura das plantas, teor de silício nas folhas, grau de acamamento, número de grãos por espiga, rendimento de grãos, massa de 1000 grãos e massa hectolítrica. (AU)