Busca avançada
Ano de início
Entree

Otimização ambiental de centrais de cogeração com resíduos sólidos urbanos

Processo: 05/01251-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2005
Vigência (Término): 31 de outubro de 2006
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Engenharia Térmica
Pesquisador responsável:Marcelo Rodrigues de Holanda
Beneficiário:Juliana de Faria Siqueira
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Química de Lorena (FAENQUIL). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). Lorena , SP, Brasil
Assunto(s):Poluição atmosférica   Legislação ambiental   Energia renovável   Incineração de resíduos urbanos   Cogeração de energia elétrica

Resumo

O aumento da demanda de energia elétrica mundial, em conjunção com o ainda reduzido nível de consciência para o uso racional da mesma, faz com que muitos países busquem viabilizar cada vez mais os recursos renováveis (como o lixo urbano e a biomassa) através do emprego da tecnologia de incineração para a geração de eletricidade. Porém, é preciso estar atento aos impactos que tal geração de energia, através da emissão de poluentes atmosféricos, possa causar ao meio ambiente e à sociedade. Nesse sentido, faz-se necessário não só obedecer às leis ambientais, ou empregar tecnologias de redução/controle das emissões (seja as que atuam diretamente na fonte geradora ou as de cunho ambiental intrínseco), mas também articular mecanismos que internalizem externalidades a fim de minimizar os danos sociais e ambientais. Este projeto de iniciação científica tem como objetivo principal calcular, trabalhando com o triplo e o quádruplo da vazão mássica de lixo incinerável na Região de Guaratinguetá, a taxa ou externalidade ambiental unitária ótima (isto é, calcular o custo do dano social unitário ótimo) como sugestão a ser, possivelmente, implantada no Brasil (em função de um mecanismo econômico) por algum órgão de proteção ambiental.