Busca avançada
Ano de início
Entree

Estratégias para migração automática de código no contexto do desenvolvimento orientado a modelos

Processo: 08/11476-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Metodologia e Técnicas da Computação
Pesquisador responsável:Renata Pontin de Mattos Fortes
Beneficiário:Daniel Lucrédio
Instituição-sede: Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil

Resumo

No Desenvolvimento de Software Orientado a Modelos, modelos não são apenas artefatos de papel que servem para ilustrar e comunicar ideias. Ao contrário, são efetivamente utilizados como entrada para geradores de código que produzem aplicações completas. Como resultado, o desenvolvedor atua em um nível maior de abstração, colhendo benefícios como maior produtividade, qualidade e manutenibilidade. Neste contexto, a importância do gerador de código vai além da mera automação de tarefas repetitivas e, portanto há a necessidade de facilitar o processo de criação e manutenção do mesmo. O uso de geradores baseados em templates, em conjunto com uma implementação de referência, é uma das abordagens mais atrativas, por ser independente de linguagem e possuir aspecto semelhante ao produto final, entre outras vantagens. Neste processo, a implementação de referência serve como exemplo de código a ser gerado, e é o local onde são feitas as alterações, depuração e testes. Uma vez que o código de referência está validado, o mesmo é migrado para o gerador, num processo conhecido como migração de código. Porém, isto causa duplicação de código (na implementação de referência e no template) e esforço manual adicional para manter os dois artefatos sincronizados. Este projeto propõe estratégias automáticas para a migração de código, com o objetivo de solucionar estes problemas. Serão estudadas e aplicadas técnicas como anotações no código, editores de texto especializados e engenharia ida-e-volta. Mesmo se tratando de um problema não-trivial, espera-se obter importantes contribuições nesta área, além de ganhos em produtividade devido à automação total ou parcial deste processo. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LUCREDIO, DANIEL; FORTES, RENATA P. DE M.; WHITTLE, JON. MOOGLE: a metamodel-based model search engine. Software and Systems Modeling, v. 11, n. 2, p. 183-208, MAY 2012. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.