Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de microssatélites para cinco espécies do gênero Brachiaria que são utilizados como forrageiras tropicais

Processo: 08/50443-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2008
Vigência (Término): 30 de setembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Anete Pereira de Souza
Beneficiário:Jussara de Paiva
Instituição Sede: Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Diversidade genética   Biblioteca genômica   Marcador molecular   Repetições de microssatélites   Plantas forrageiras   Brachiaria
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Brachiaria | Diversidade Genetica | Forrageiras | Marcadores Moleculares | Microssatelites

Resumo

O Brasil com sua pecuária bovina baseada principalmente na utilização de pastagens formadas por forrageiras de alto valor nutricional, tornou-se nos últimos anos um dos maiores exportadores de carne do mundo. A continuidade desse sucesso depende sobretudo, de investimento na melhoria do sistema de alimentação do rebanho, assim como o desenvolvimento de novas cultivares de forrageiras. Gramíneas do gênero Brachiaria originárias do leste africano dominam o mercado forrageiro no País e respondem por 50% das sementes produzidas e por 85% das sementes comercializadas para formação de pastagens no Brasil Central. B. brizantha, B. decumbens, B. dictyoneura, B. humidicola e B. ruziziensis apresentam diversas características de interesse agronômico e constituem a principal fonte de variabilidade genética no programa de melhoramento de forrageiras tropicais da Embrapa Gado de Corte - Campo Grande/MS. Devido à importância destas forrageiras e à falta de ferramentas genéticas que podem auxiliar o programa de melhoramento genético destas espécies, nosso grupo iniciou o desenvolvimento de marcadores microssatélites para as cinco espécies mencionadas, através da construção de bibliotecas genômicas enriquecidas em microssatélites e da caracterização de um pequeno número de loci. Visando o desenvolvimento de um grande número de marcadores que possam ser aplicados no mapeamento de características quantitativas de interesse agronômico, o presente projeto visa à obtenção de seqüências e o desenho de primers para microssatélites destas cinco espécies forrageiras. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)