Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do desequilíbrio de ligação e saturação do mapa funcional em cana-de-açúcar utilizando marcadores SNPs

Processo: 09/52550-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2009
Vigência (Término): 30 de abril de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Anete Pereira de Souza
Beneficiário:Melissa de Oliveira Santos Garcia
Instituição-sede: Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/52197-4 - Genomic-assisted breeding of sugarcane: using molecular markers for understanding the genetic architecture of quantitative traits and to implement marker assisted selection, AP.BIOEN.TEM

Resumo

A cana-de-açúcar é uma das culturas de maior importância econômica para países tropicais, incluindo o Brasil. Devido à complexidade de seu genoma poliplóide, a obtenção de uma variedade melhorada de cana é um processo longo e laborioso que pode chegar a 15 anos. Os marcadores moleculares podem constituir ferramentas eficientes para acelerar processos de melhoramento, através da seleção de genitores para cruzamentos e da identificação de regiões genômicas responsáveis por características fenotípicas de interesse. Com o avanço das tecnologias moleculares, os marcadores SNPs (Single Nucleotide Polymorphism) têm sido muito utilizados por serem a fonte de variação mais abundante no genoma, sendo úteis para a construção de mapas genéticos de alta resolução e a realização de mapeamento associativo, que facilitam a localização de QTLs (Quantitative Trait Loci). O programa SUCEST desenvolveu cerca 43000 clusters de ESTs (Expressed Sequence Tags) que podem ser utilizados como fonte para busca in silico de possíveis SNPs. Dentro desse contexto, esse projeto tem como objetivos principais a saturação de um mapa genético em uma população F1 de cana-de-açúcar e o estudo da estrutura do desequilíbrio de ligação em variedades brasileiras de cana de interesse econômico, utilizando marcadores SNPs desenvolvidos a partir de ESTs com homologia a genes de interesse. Os resultados gerados serão úteis para o melhoramento dessa espécie, gerando informações para estudos de mapeamento associativo. (AU)