Busca avançada
Ano de início
Entree

Clonagem e expressão de uma proteína relacionada a patogenicidade de Xylella Fastidiosa

Processo: 02/13217-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2003
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2003
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Anete Pereira de Souza
Beneficiário:Antonio Marcos Saraiva
Instituição-sede: Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Virulência   Xylella fastidiosa   Expressão gênica

Resumo

O estado de São Paulo é o maior exportador de suco de laranja do mundo, porém apresenta uma baixa produtividade por árvore em relação a outros países. Isto se deve, em parte, a Clorose Variegada de Citrus (CVC), uma doença que ataca 30% das laranjais do Estado. A CVC é causada pela bactéria Xylella fastidiosa que ataca o xilema da planta, diminuindo, entre outros sintomas, o transporte da seiva. Como consequência, os frutos amadureçam precocemente, tornam-se menores e duros, diminuindo a quantidade de suco. Apesar dos danos, ainda não existem estratégias eficazes de combate à doença, apenas medidas paliativas de controle a curto e longo prazo. Os dados gerados pelo seqüenciamento genômico da Xylella fastidiosa propiciaram abordagens da genômica funcional, visando-se especialmente o estudo das proteínas relacionadas à patogenicidade da bactéria. Desde então, deu-se início a estudos estruturais e funcionais de suas proteínas, compreendendo etapas de clonagem e expressão gênica, bem como de posterior purificação proteica e resolução da estrutura tridimensional. Este trabalho constitui-se na parte preliminar de clonagem e expressão in vitro, contribuindo para as tentativas de implementação de abordagens moleculares de controle deste patógeno, possibilitando o aumento na competitividade e produtividade agrícola da citricultura brasileira. (AU)