Busca avançada
Ano de início
Entree

O desafio da modelagem da interacao humano-computador falada: estudo de metodos e tecnicas de apoio

Processo: 08/56245-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação
Pesquisador responsável:Junia Coutinho Anacleto
Beneficiário:João Carlos Porto
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Voz   Processamento de voz   Senso comum

Resumo

A área de Interação Humano-Computador (IHC) apresenta diversas abordagens para modelar a forma de interagir dos usuários nos aspectos que concernem à usabilidade dos sistemas computacionais. O contexto de interfaces multimodais configura-se como uma proposta de mudança para o desenvolvimento de interfaces, oferecendo diferentes modos de interação. Uma grande tendência tecnológica em IHC, a utilização de interfaces multimodais apresenta inúmeros desafios, dentre eles analisar e formalizar o processo de reconhecimento e processamento de voz. Este trabalho tem como objetivo inicial analisar as principais metodologias de desenvolvimento de sistemas com interfaces multimodais, focando sistemas baseados em voz. O Laboratório de Interação Avançada do Departamento da Computação da Universidade Federal de São Carlos (LIA/DC-UFSCar), em colaboração com o Media Lab-MIT, tem desenvolvido desde 2005 o projeto OMCS no Brasil (OMCS-Br) para a construção de uma base de conhecimento de senso comum em português a partir da contribuição da população brasileira, visando desenvolver aplicações computacionais sensíveis ao nosso contexto, considerando as questões sócio-econômicas e culturais dos brasileiros, expressas pelo senso comum, em seu desenvolvimento e uso. O objetivo geral pretendido nessa proposta é consolidar as pesquisas em coleta de fatos de senso comum através da colaboração da população e uso desse senso comum armazenado em bases de conhecimento para aplicações computacionais no Brasil. Para isso, o objetivo específico deste projeto de iniciação cientifica é estudar formas de apoio à - modelagem da interação por voz que permita agregar mais semântica aos elementos do diálogo, considerando o contexto sócio-econômico cultural do brasileiro expresso através do conhecimento de senso comum, colhido pelo site www.sensocomum.ufscar.br, e propor uma extensão para representação semanticamente mais rica aos modelos existentes. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)