Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação de 226Ra e 210Pb em amostras de sedimentos da região de Santos, São Vicente, Bertioga e Cubatão

Processo: 08/00679-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2008
Vigência (Término): 30 de abril de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Barbara Paci Mazzilli
Beneficiário:João Messias Júnior
Instituição-sede: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Sedimentos   Baixada Santista (SP)   Radioquímica

Resumo

Os sedimentos de ambientes lacustres fornecem um contexto favorável para o estudo de processos geoquímicos aquáticos e de sedimentação. É através da formação dos sedimentos que se obtém dados da influência da atividade humana e industrial deste último século, pois muitos dos fenômenos que podem ter ocorrido ficam gravados nas diferentes camadas que os formam. O 210Pb da família do 238U é um radionuclídeo muito utilizado nestes estudos, pois através de sua medida pode-se calcular a idade e taxa de sedimentação de sedimentos recentes de ambientes lacustres, marinhos e estuários. Os objetivos deste trabalho são determinar as concentrações de 226Ra e 210Pb nas amostras de sedimentos coletadas em perfis da região de Santos, São Vicente, Bertioga e Cubatão para se determinar a taxa de sedimentação e a idade dos sedimentos ali depositados. Com os valores obtidos da composição elementar, concentração dos ETRs e radionuclídeos e análise granulométrica será feita uma avaliação histórica da contaminação ou não dos ambientes estudados utilizando o método do 210Pb.