Busca avançada
Ano de início
Entree

Padronização da análise de acidez graxa para grãos e sementes de trigo

Processo: 02/09891-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2003
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Engenharia Agrícola - Engenharia de Processamento de Produtos Agrícolas
Pesquisador responsável:Marco Antônio Martin Biaggioni
Beneficiário:Rodrigo Seigi Yanagiwara
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil

Resumo

A perda de qualidade de grãos e sementes, durante o armazenamento, muito antes de ser detectada por qualquer perda na viabilidade, é acompanhada por outras modificações deteriorativas, entre as quais pode-se destacar a elevação do nível dos ácidos graxos livres. Assim, visando avaliar a possibilidade de adoção de um índice de qualidade altamente sensível à deterioração, com metodologia simples, rápida e de boa aplicabilidade para grãos e sementes, o presente trabalho propõe-se estudar o método de análise de acidez graxa em trigo, estabelecendo padrões de classificação tendo como referência métodos já padronizados. Numa etapa preliminar, buscar-se-á detectar possíveis dificuldades inerentes à metodologia original (AACC.1995), promovendo as adaptações necessárias a fim de viabilizar o uso do teste. Na fase seguinte, estudos serão conduzidos a fim de se estabelecer uma correspondência entre os "tipos" de grãos (classificação comercial) e o nível de ácidos graxos livres obtidos a partir de uma série de amostras de qualidade variável, bem como, estabelecer uma correspondência entre as "classes de vigor" de sementes (envelhecimento precoce) e o nível de ácidos graxos livres obtidos a partir de uma série de amostras de qualidade variável. O delineamento estatístico a ser utilizado, em todas as etapas, será o modelo de regressão. (AU)