Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação Trypanosoma cruzi-célula hospedeira: identificação e purificação de ligantes de adesão celular usando aptâmeros de ácidos nucleicos

Processo: 06/57793-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2007
Vigência (Término): 31 de agosto de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Walter Colli
Beneficiário:Pablo Rubén Gargantini
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/03303-5 - Interação entre Trypanosoma cruzi e hospedeiro: ligantes, receptores e condicionantes do desenvolvimento intracelular, AP.TEM

Resumo

A interação de proteínas da superfície de T. cruzi com moléculas da matriz extracelular é de importância fundamental na invasão pelo parasita, causador de doença de Chagas. A técnica SELEX (Systematic Evolution of Ligands by EXponential Enrichment) já foi usada neste laboratório para desenvolver aptâmeros de RNA, resistentes a nucieases, a fim de deslocar fibronectina, laminina, trombospondina e heparan sulfato de seus sítios de ligação no estágio tripomastigota infeccioso de T. cruzi. Propomos expandir esses estudos usando aptâmeros como ferramentas para identificar e purificar ligantes e receptores desconhecidos em ambas as superfícies do parasita e da célula hospedeira. O laboratório propõe que membros de uma família de glicoproteínas de massa molecular 85.000, por nós descoberta, estejam envolvidos na adesão do T. cruzi em células hospedeiras e em componentes da matriz extracelular. Aptâmeros de DNA serão selecionados contra alvos no T. cruzi e na célula hospedeira usando-se diferentes ligantes para seu deslocamento. Esses aptâmeros serão acoplados covalentemente a matrizes a fim de purificar os receptores em colunas de afinidade. Aptâmeros com alta afinidade serão testados como inibidores em infecções in vitro e in vivo. (AU)