Busca avançada
Ano de início
Entree

Fragmentos de PspA (Pneumococcal surface protein A) de clado 4: comparação da resposta imune e proteção induzida por diferentes fragmentos

Processo: 08/58874-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Eliane Namie Miyaji
Beneficiário:Cintia Fiuza Marques Vadesilho
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Vacinas de DNA   Desenvolvimento de vacinas   Streptococcus pneumoniae

Resumo

PspA (Pneumococcal surface protein A) é um dos antígenos protéicos mais promissores para o desenvolvimento de uma vacina contra infecções causadas por pneumococo. PspA é um fator de virulência que apresenta uma grande variabilidade na região N-terminal exposta na superfície da bactéria" tendo sido classificado em 3 famílias, subdivididas em 6 ciados. Devido a essa variabilidade, a escolha correta do fragmento a ser utilizado é crucial na composição de uma vacina de ampla cobertura Dados obtidos por nosso grupo mostraram que um fragmento de PspA de dado 4 (PspA4Pro) é capaz de induzir anticorpos com capacidade de reconhecer isolados de pneumococo expressando PspAs de diversos ciados. Esses anticorpos são funcionais, sendo capazes de ligar-se e mediar fixação de complemento na superfície do pneumococo. Pretendemos agora avaliar a contribuição da primeira metade da estrutura "coiled-coil" N-terminal de PspA (PspA4A') em comparação com o fragmento completo PspA4Pro na indução de resposta imune protetora contra diferentes isolados de pneumococo. PspA4A' será do nado em vetor de expressão de Escherichia coli para obtenção da proteína recombinante e também em vetor de expressão de mamíferos para utilização como vacina de DNA. As proteínas recombinantes PspA4A' e PspA4Pro serão utilizadas em experimentos de imunização de camundongos. O soro dos animais imunizados será avaliado quanto à presença de anticorpos anti-PspA por ELISA e também em ensaios de ligação e deposição de complemento em pneumococos expressando diferentes PspAs. A sobrevivência dos animais após desafio intraperitoneal também será avaliada. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Bióloga do Instituto Butantan recebe prêmio internacional