Busca avançada
Ano de início
Entree

Acompanhamento audiologico, avaliacao do desenvolvimento de linguagem e da motricidade oral em lactentes de risco para surdez.

Processo: 05/56575-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2006
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Maria Cecília Marconi Pinheiro Lima
Beneficiário:Aline Mara de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Surdez   Aquisição da linguagem   Desenvolvimento infantil

Resumo

A deficiência auditiva é caracterizada como um problema sensorial não visível, acarretando dificuldades na detecção e percepção dos sons. Devido à natureza complexa do ser humano, a deficiência auditiva pode acarretar problemas sérios ao indivíduo, principalmente quanto à aquisição e desenvolvimento da linguagem oral. Quanto mais cedo puder detectar qualquer problema auditivo, mais eficientes serão as condutas a serem adotadas (LIMA, 1997). É considerado recém-nascido de alto risco aquele que tem possibilidade de se tomar deficiente auditivo por várias causas: hereditariedade, doenças congênitas, anomalias físicas, acidentes perinatais, administração de antibióticos aminoglicosídeos, além de outros. Esse projeto tem como objetivo realizar exames audiológicos, avaliação de linguagem e avaliação do sistema sensório-motor-oral quadrimestral em neonatos com indicadores de risco, comparando com os resultados obtidos na literatura. Serão incluídos na pesquisa os bebês que apresentam indicadores de risco para surdez, nascidos no berçário do Centro de Atenção Integral à Mulher (CAISM-Unicamp), que permanecerem no alojamento conjunto e que comparecerem ao Cepre para o Teste de Emissões Otoacústicas e do Reflexo cócleopalpebral. Será utilizado para o Sistema Sonar para avaliação do comportamento auditivo, a Escala ELM para avaliação de linguagem e o protocolo "Avaliação de Recém-nascidos em fase se hospitalização para avaliação promotora do lactente". (AU)