Busca avançada
Ano de início
Entree

Planejamento, preparação, avaliação da atividade frente ao Trypanosoma cruzi e estudos de QSAR de série de compostos oxadiazolínicos

Processo: 08/07296-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 30 de novembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Leoberto Costa Tavares
Beneficiário:Marina Ishii
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/01192-3 - Antichagásicos potenciais derivados de compostos nitro-heterocíclicos, AP.TEM
Assunto(s):Planejamento de fármacos   Doença de Chagas   Relação quantitativa estrutura-atividade   Modelagem molecular   Tripanossomicidas   Oxidiazóis

Resumo

A doença de Chagas, endemia presente em 21 países, acomete cerca de 18 milhões de pessoas, sendo responsável por altos índices de morbidade e mortalidade. Assim como a malária, a filariose e a esquistossomose, a doença de Chagas é considerada doença negligenciada, por não receber investimentos adequados na área de pesquisa e desenvolvimento. Há mais de 30 anos, o benznidazol é o único fármaco utilizado em sua terapêutica, porém é ineficaz na fase crônica da doença, além de ocasionar vários efeitos adversos que resultam, muitas vezes, na interrupção do tratamento. O desenvolvimento de um fármaco totalmente novo é um processo demorado e de alto custo, o que reforça a importância dos estudos baseados em moléculas com atividade biológica conhecida, associado ao uso de ferramentas típicas da química medicinal como a modelagem molecular e o estudo de relação estrutura atividade, QSAR, que otimizam o tempo e o gasto investidos e aumentam as chances de sucesso. Neste contexto, séries de derivados 5-nitro-heterocíclicos têm sido sintetizados e identificados com potencial ação antiparasitária, inclusive frente ao Trypanosoma cruzi, agente etiológico da doença de Chagas. A variação da atividade biológica de uma série de análogos pode ser correlacionada com a estrutura química do composto, através de estudos de QSAR, que considera as propriedades físico-químicas dos grupos substituintes ou de partes das moléculas. Associando estes fatores, o presente projeto propõe o planejamento, a preparação, a avaliação da atividade antichagásica e o estudo de QSAR, em seus formalismos de 2D e 3D, de derivados 5-nitro-heterocíclicos ligados a núcleos oxadiazolínicos, com vistas à seleção de potenciais candidatos a novos agentes antichagásicos. (AU)