Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da dinâmica resultante da colisão de micrometeoritos com a superfície de um satélite

Processo: 09/06326-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2009
Vigência (Término): 31 de maio de 2010
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Aeroespacial - Dinâmica de Vôo
Pesquisador responsável:Othon Cabo Winter
Beneficiário:Alexandre Pinho dos Santos Souza
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEG). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Guaratinguetá. Guaratinguetá , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/04997-6 - Encontros próximos em dinâmica orbital, AP.TEM
Assunto(s):Colisões

Resumo

No sistema de anéis de Saturno existem partículas e anéis, como um todo, com tempo de vida muito inferior à idade do sistema solar. Estes tempos de vida são calculados levando-se em conta o efeito do decaimento orbital devido ao arrasto de Poynting-Robertson sobre partículas micrométricas. Em função do tempo de vida destas partículas serem pequenos surge a necessidade de algum mecanismo de realimentação de partículas do anel. Um dos mecanismos mais aceitos na literatura é o da existência de um satélite próximo que gere partículas para o anel. Esta geração de partículas ocorre por meio de colisões de partículas, oriundas do próprio anel ou micrometeoritos interplanetários, com a superfície do satélite. O processo de colisão com a superfície do satélite pode resultar em acreção e/ou re-emisão de partículas. Dependendo da velocidade de ejeção das partículas e da velocidade de escape do satélite ocorre um fluxo de partículas que deixam o domínio do campo gravitacional do satélite. Este fluxo irá determinar o índice de re-alimentação do anel em questão. Na presente proposta o bolsista estudará este tipo de modelo de re-alimentação de partículas devido a colisões com a superfície do satélite.