Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo fitoquimico de tibouchina candolleana (melastomataceae) e avaliacao da atividade antimicrobiana sobre microrganismos da cavidade bucal.

Processo: 06/57543-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2007
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Wilson Roberto Cunha
Beneficiário:Fernanda Moraes dos Santos
Instituição-sede: Coordenadoria Adjunta de Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca , SP, Brasil
Assunto(s):Anti-infecciosos   Melastomataceae

Resumo

O biofilme dental é considerado o fator de maior importância dentro da etiologia das doenças bucais, com a cárie e gengivites, havendo uma relação com a higiene bucal deficiente e sua formação. Por esta razão, agentes quimioterapêuticos seguros e eficazes têm sido utilizados como adjunto à remoção mecânica do biofilme dental. Uma ampla variedade de produtos de fontes naturais têm apresentado resultados promissores no que se refere à atividade antimicrobiana. A Melastomataceae constitui-se em uma das famílias mais importantes da flora neotropical, com cerca de 4200 a 5000 espécies pertencentes a 11 tribos e 185 gêneros. A espécie Tibouchina, candolleana (Mart, ex DC.) Cogn., objeto de nosso estudo, não foi alvo ainda de nenhum estudo fitoquímico ou de algum ensaio biológico. Nos poucos trabalhos de estudos químicos existentes com o gênero, destaca-se o isolamento de taninos e antocianinas. Esse projeto tem por objetivos o estudo fitoquímico de extratos obtidos das partes aéreas do vegetal T. candolleana e a investigação da atividade antimicrobiana destes extratos, bem como, de substâncias puras isoladas sobre microrganismos do biofilme dental e potencialmente cariogênicos. (AU)