Busca avançada
Ano de início
Entree

Conforto térmico em espaços públicos abertos na cidade de Presidente Prudente - SP: estudo de caso no Parque do Povo

Processo: 08/00619-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2008
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Carolina Lotufo Bueno Bartholomei
Beneficiário:Andrea Harumi Shimakawa
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Radiação solar   Conforto térmico   Conforto ambiental   Espaço público   Praças   Presidente Prudente (SP)

Resumo

Esta pesquisa faz parte de um trabalho mais amplo intitulado "Conforto térmico em espaços públicos abertos: aplicação de uma metodologia em cidades do interior paulista", com financiamento FAPESP (processo 2007/00563-4), que visa analisar aspectos qualificadores de espaços públicos abertos, como os microclimas e o conforto térmico de usuários, em diferentes cidades do interior paulista. Para isso, serão desenvolvidos estudos de casos em espaços públicos abertos nas cidades de Campinas, Bauru e Presidente Prudente, no Estado de São Paulo, com base na metodologia desenvolvida pelo projeto RUROS (Rediscovering the Urban Realm and Open Spaces), adaptando-a a realidade climática e cultural Paulista. A partir de monitoramento das condições microclimáticas (temperatura do ar, temperatura de globo, umidade relativa do ar, velocidade do ar, radiação solar), e da aplicação de questionários sobre a sensação térmica, junto aos usuários, pretende-se avaliar os limites de conforto térmico real e correlacioná-los com conforto térmico calculado, através de índices preditivos de conforto em espaços externos, no sentido de identificar diferenças entre as condições de conforto objetiva e subjetiva. Em Presidente Prudente serão desenvolvidos três estudos de caso em importantes espaços públicos abertos: Praça Nove de Julho, Parque do Povo e Calçadão da Nicolau Maffei. No caso deste trabalho, o objeto de estudo será o trecho menos arborizado do Parque do Povo - um local que teoricamente possui condições mais críticas de conforto térmico. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.