Busca avançada
Ano de início
Entree

Envolvimento de receptores do tipo toll (toll like receptors - tlr) na ativacao de neutrofilos, apos estimulacao com candida albicans.

Processo: 05/01526-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2006
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Ana Paula Campanelli
Beneficiário:Vanessa Tessarolli
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Receptor 4 toll-like   Neutrófilos   Receptor 2 toll-like   Candida albicans

Resumo

O conceito de inespecificidade da resposta imune inata foi recentemente contestado após a descoberta de uma classe de receptores, receptores do tipo Toll (TLRs), que reconhecem estruturas moleculares conservadas (PAMPS) diretamente na superfície dos patógenos. A importância da sinalização via Toll no desenvolvimento de uma resposta imune inata contra Candida albicans ainda não foi determinada, principalmente no que concerne ao papel dos neutrófilos. Sabe-se que a capacidade de C. albicans em estabelecer uma infecção no hospedeiro humano envolve a neutropenia como fator predisponente principal e a depleção de neutrófilos no modelo experimental de candidíase oral revelou um agravamento da doença logo nos primeiros dias da infecção, mostrando a importância da resposta imune inata (neutrófilos) contra C. albicans. Com o intuito de melhor analisar o envolvimento de receptores do tipo Toll na ativação de neutrófilos após a infecção com Candida albicans, os objetivos desse projeto são:1. Analisar as diferentes populações de células presente no exsudato peritoneal de camundongos TLR2-/-, TLR4-/- e MyD88-/- após a infecção por C. albicans. 2. Avaliar a atividade fagocítica de neutrófilos no curso da infecção por C. albicans.3. Analisar a produção de citocinas, defensinas, óxido nítrico e peróxido de hidrogênio em culturas de neutrófilos provenientes de animais geneticamente deficientes de TLR2, TLR4 e da via de sinalização por MyD88, após estimulação com leveduras viáveis de Candida albicans.4. Verificar a presença de células apoptóticas e/ou necróticas no exsudato peritoneal de camundongos TLR2-/-, TLR4-/- e MyD88-/- após a infecção por C. albicans

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)