Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de manobras (privacao de colostro) e/ou uso de drogas (testosterona) no periodo perinatal em ratos: repercussao tardia na reproducao e em aspectos farmacologicos da musculatura lisa genital...

Processo: 99/02729-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 1999
Vigência (Término): 31 de dezembro de 1999
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Geral
Pesquisador responsável:Oduvaldo Câmara Marques Pereira
Beneficiário:Fabiana Yasuhara
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Diferenciação sexual (núcleo celular)   Colostro   Ratos   Noradrenalina

Resumo

Na vida perinatal de aves e mamíferos ocorre um fenômeno denominado diferenciação sexual do hipotálamo. Dois processos distintos indicam a diferenciação sexual do sistema nervoso central: a defeminização e a masculinização, sendo a masculinização decorrente da exposição do hipotálamo à testosterona. Apesar dessa diferenciação, no macho, ser dependente da presença da testosterona, o processo é decorrente do estrógeno, produto da metabolização da testosterona. Desta forma, o objetivo deste trabalho consistirá em estudar a possível repercussão tardia da privação de colostro, bem como da suplementação de androgênio (testosterona) no período de diferenciação sexual hipotalâmica, através de parâmetros reprodutivos e respostas farmacológicas da musculatura lisa genital acessória masculina. (AU)