Busca avançada
Ano de início
Entree

Células solares sensibilizadas por corante utilizando DNA como material transportador de buracos

Processo: 09/16027-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2009
Vigência (Término): 30 de novembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Ana Flávia Nogueira
Beneficiário:Hugo Campos Loureiro
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Dióxido de titânio   Energia solar

Resumo

Células solares sensibilizadas por corante (DSSC) são dispositivos capazes de transformar energia luminosa em energia elétrica. Essas são constituídas por uma camada de um óxido semicondutor nanocristalino, como o TiO2, sensibilizado por um corante, como o N719, e por um eletrólito liquido. Apesar de apresentarem alta eficiência de conversão de energia (por volta de 11%), essas células apresentam problemas com relação a sua estabilidade. A selagem deve ser muito eficiente para evitar vazamentos e a evaporação do solvente que constitui o eletrólito, que conservar suas propriedades na presença do selante. Na tentativa de se contornar os problemas mencionados anteriormente, a proposta deste trabalho está baseada na utilização de DNA como material transportador de buracos (HTM) em células solares DSSC, substituindo o eletrólito líquido convencional.