Busca avançada
Ano de início
Entree

O graduando de enfermagem e os transtornos alimentares: o papel de educadora da enfermeira

Processo: 00/10137-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2000
Vigência (Término): 30 de novembro de 2001
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Psiquiátrica
Pesquisador responsável:Marli Alves Rolim
Beneficiário:Léia Mello Nunes da Cruz
Instituição-sede: Escola de Enfermagem (EE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Transtornos da alimentação e da ingestão de alimentos   Saúde mental   Anorexia nervosa   Imagem corporal

Resumo

Trata-se de estudo descritivo e quanti-qualitativo que tem como objetivos verificar, nos alunos ingressantes ao curso de graduação de enfermagem, a presença e gravidade de preocupações típicas de pessoas com o transtorno alimentar "Anorexia nervosa", bem como identificar as crenças e atitudes dos graduandos acerca desse transtorno, além de avaliar as necessidades deles de conhecimentos acerca desse tema. Os sujeitos serão 80 alunos do primeiro ano do curso de graduação em enfermagem, uma vez que essa faixa etária se constitui em fator de risco a desenvolverem transtornos alimentares. A pretensão é destacar o papel de educadora da enfermeira, tendo em vista que os resultados da presente investigação não só identificarão fatores de vulnerabilidade dos alunos aos transtornos alimentares, bem como poderão orientar processos educativos futuros que se pretendam nessa área, para essa população em especial. (AU)