Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da excreção urinária de proteínas: contribuição para a identificação de lesão renal subclínica em indivíduos expostos a contaminação ambiental por metais pesados

Processo: 01/10195-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2001
Vigência (Término): 31 de outubro de 2002
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Célia Regina Garlipp
Beneficiário:Marco da Cunha Pinho
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil

Resumo

Serão avaliadas amostras urinárias de indivíduos residentes em localidades distribuídas ao longo do Vale do" Ribeira, região que sabidamente apresenta índices elevados de contaminação por metais pesados decorrente das atividades de mineração lá desenvolvidas. Serão colhidas amostras isoladas de urina de voluntários saudáveis e feitas as dosagens de proteína total, microalbuminuria, alfa-1-microblobulina, Arsênico e Mercúrio, corrigidas pela creatinina urinária, além de uma amostra de sangue para dosagem de Chumbo. Os valores serão comparados com resultados já obtidos de uma população controle, residente em áreas urbanas e mais afastadas do rio, portanto com menor risco de contaminação ambiental. A população de estudo será recrutada nas áreas rurais dos municípios de Adrianópolis e Iporanga (grupo com maior risco ambiental aos contaminantes das águas dos rios, peixes e etc) após contato inicial com as autoridades de saúde desses municípios, divulgação dos objetivos da pesquisa, realização de reuniões para esclarecimentos nas escolas, comunidades de bairro, igrejas e associações afins. A coleta de material dar-se-á de forma voluntária, na população recrutada, que excluirá crianças e adultos com febre, hipertensão arterial, gestação, diabetes mellitus além de história e/ou evidência clínica de doença renal proveniente de outras patologias, infecções e/ou distúrbios metabólicos ou doenças crônicas debilitantes. (AU)