Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterizacao do papel de lipidios de paracoccidioides brasiliensis na atividade fungicida e secretora de macrofagos peritoneais de camundongos.

Processo: 03/13230-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2004
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia
Pesquisador responsável:Vera Lucia Garcia Calich
Beneficiário:Flávio Vieira Loures
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/13766-0 - Paracoccidioidomicose pulmonar em camundongos isogênicos: caracterização de mediadores da imunidade natural e adquirida que determinam resistência ao fungo, AP.TEM
Assunto(s):Paracoccidioidomicose   Imunidade inata   Micoses   Macrófagos   Lipídeos

Resumo

A resposta imune ao Paracoccidioides brasiliensis é muito complexa e depende tanto de fatores do fungo (ex.: virulência, dose infectante) como do hospedeiro (susceptibilidade genética, via de infecção etc.) A maioria dos estudos da resposta imune ao fungo têm sido realizado com componentes protéicos ou glicoprotéicos do fungo. A literatura é carente de estudos sobre a influência de lipídios na resposta imune ao P. brasiliensis. Como os macrófagos são as principais células de alarme da imunidade inata contra patógenos, pretendemos avaliar a interação destas células com componentes lipídicos do P. brasiliensis. Assim, investigaremos a ação de diversas frações lipídicas na atividade fungicida e secretora de macrófagos peritoneais. Para tanto, pretende-se investigar inicialmente a cinética de produção de NO e das citocinas pró-inflamatórias (IL-12, TNF-alfa, GM-CSF), anti-inflamatórias (IL-10) e da quimiocina MCP-1 pelos macrófagos desafiados com diversas frações lipídicas do fungo. Se necessário, os macrófagos serão pré-ativados por IFN-gama. (AU)