Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterizacao das proteinas do sistema de contato da coagulacao de plasma de coelhos.

Processo: 97/11362-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 1998
Vigência (Término): 30 de junho de 1999
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Enzimologia
Pesquisador responsável:Guacyara da Motta
Beneficiário:Elimar Elias Gomes
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Calicreína   Enzimas   Coagulação   Fator XII

Resumo

Classicamente, para que ocorra a ativação da via intrínseca da cascata da coagulação "in vitro" é necessário que as proteínas plasmáticas cininogênio de alto peso molecular, procalicreína, fator XII e fator XI estejam ligadas a uma superfície negativa. Uma revisão do mecanismo de ativação deste sistema necessita ser feita, pois atualmente têm surgido evidências sobre o papel da superfície da membrana da célula endotelial como a superfície negativamente carregada "in vivo" onde as proteínas podem ligar-se. O estudo dos processos fisiológicos responsáveis por manter a hemostasia tais como a coagulação e fibrinólise, não se restringem à espécie humana, e em relação ao sistema de contato em coelhos, dados preliminares obtidos em nosso laboratório sugerem que o mecanismo de ativação da procalicreína plasmática utilizando o sulfato de dextrana como superfície negativa é diferente do mecanismo que ocorre no plasma humano. (AU)