Busca avançada
Ano de início
Entree

Transferencia de funcoes ordinais atraves de classes de estimulos equivalentes em adultos surdos.

Processo: 07/58185-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Experimental
Pesquisador responsável:Antonio Celso de Noronha Goyos
Beneficiário:Juliana Barbosa Consoni
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Equivalência de estímulos   Pessoas com deficiência auditiva

Resumo

Os surdos aprendem a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) como primeira língua. Na LIBRAS há uma maior flexibilidade na construção de frases do que na língua portuguesa escrita, que é aprendida como língua instrumental. A aprendizagem de seqüências gramaticais da língua portuguesa, pelo surdo, pode-se tornar difícil, e implicar em inúmeras dificuldades escolares e, consequentemente, dificuldades para inclusão social. O presente estudo pretende identificar um procedimento efetivo para o ensino de seqüências da língua portuguesa escrita para surdos. Participarão do estudo e três adultos surdos. Três classes de estímulos serão ensinadas: sujeito, verbo e advérbio. As classes de estímulos serão formadas através de tarefas de escolha de acordo com o modelo, de acordo com o paradigma de equivalência de estímulos. Em seguida, a ordem seqüencial sujeito-verbo-advérbio (SVA) será diretamente ensinada envolvendo apenas um membro de cada classe. A seqüência SVA será ensinada através de tarefas de escolha de acordo com o modelo com resposta construída. Finalmente, testes das possíveis combinações restantes da seqüência de SVA serão introduzidos para verificar a emergência de novas relações seqüenciais. (AU)