Busca avançada
Ano de início
Entree

Ensino de repertórios de leitura, tato e Intraverbal sinalizados através de discriminações condicionais a crianças surdas e ouvintes

Processo: 08/04407-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2008
Vigência (Término): 30 de setembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Experimental
Pesquisador responsável:Antonio Celso de Noronha Goyos
Beneficiário:Nassim Chamel Elias
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil

Resumo

O objetivo geral desses estudos é expandir o conhecimento acerca da aquisição e emergência de operantes verbais sinalizados. Do ponto de vista analítico-comportamental, a língua de sinais é bastante diferente da linguagem oral, não obstante, também apresenta relações de controle. Similaridades e diferenças na aquisição de operantes verbais falados e sinalizados implicariam na extensão do entendimento teórico e prático dessa área, indicando a relevância dos processos básicos, independentemente da forma da resposta. Por outro lado, a literatura fartamente ilustra o uso do paradigma de equivalência de estímulos (PEE) para investigar o processo de aquisição de habilidades cognitivas e acadêmicas. Entretanto, o uso do PEE para investigar a aquisição de categorias de operantes verbais tem sido pouco explorado e é bastante promissor. Alguns estudos investigaram a aquisição de tato e leitura sinalizados, a partir do ensino derivado do PEE, e indicaram uma maior dificuldade na aquisição da leitura por indivíduos surdos. O operante intraverbal é uma característica do comportamento verbal complexo. Esta categoria de operante é considerada um pré-requisito para habilidades mais avançadas de interação verbal e social. O ensino de intraverbais sinalizados encontra algumas limitações por conta das características frasais dessa língua, que, normalmente, não correspondem à língua escrita/falada dominante no ambiente. Considerando a importância funcional desses operantes verbais e a escassez de estudos que unem as áreas citadas, os dois estudos aqui propostos pretendem investigar a emergência das categorias de operantes verbais de tato e intraverbais sinalizados a partir do ensino com discriminações condicionais, derivadas do PEE, a indivíduos surdos e ouvintes. (AU)