Busca avançada
Ano de início
Entree

Emergência dos conceitos relacionais de maior e menor em crianças com deficiência mental

Processo: 05/50288-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2005
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Pesquisador responsável:Antonio Celso de Noronha Goyos
Beneficiário:Rosana Aparecida Salvador Rossit
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil

Resumo

O presente projeto tem como objetivo investigar se a partir do ensino do conceito relacional de "menor que", para quantidades e algarismos, poderá emergir as relações derivadas e a transformação da função para "maior que". Os participantes serão crianças com deficiência mental, idade entre sete e dez anos, matriculadas em escola regular. Será utilizado um computador para a avaliar o repertório de entrada e para os treinos e testes. Os estímulos visuais serão os algarismos impressos de um a cinco e as respectivas quantidades. Os estímulos auditivos serão as instruções verbais e os nomes correspondentes aos estímulos visuais. A coleta de dados dar-se-á no laboratório da Universidade. Será aplicado, um procedimento para identificar as preferências individuais, seguido do treino preparatório com a finalidade de instalar comportamentos essenciais para responder condicionalmente. Em seguida, um pré-teste geral será conduzido para mapear o repertório de entrada. Seguir-se-á com o treino das relações reveladas necessárias durante o pré-teste geral seguidas de testes imediatos para avaliar o responder relacional derivado ou relações "emergentes". Os testes serão reaplicados após dois e quatro meses para verificar a manutenção das relações. Os dados serão analisados a partir de relatórios emitidos pêlo computador para cada relação treinada considerados a porcentagem de acertos/erros e o número. (AU)