Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da incorporação de aditivos na alimentação de poedeiras sobre a coloração da gema e suas conseqüências quanto à durabilidade e aspectos sensoriais.

Processo: 07/04937-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2008
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Solange Guidolin Canniatti Brazaca
Beneficiário:Fernanda Papa Spada
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Oxidação lipídica   Urucum   Viscosidade

Resumo

Os ovos são de importância na alimentação humana e na industria alimentícia. Um dos fatores que está ligado a qualidade do produto é a coloração da gema. São adicionados na alimentação de poedeiras principalmente produtos artificiais visando alterar a coloração da gema. Quanto aos aditivos naturais sabe-se que o urucum tem ação efetiva sobre a cor vermelha, no entanto não é de conhecimento científico como ele atua quanto a anti-oxidação em preparações diferentes com ovos. Assim esta pesquisa tem como objetivo avaliar a partir de diferentes dietas fornecidas a duas linhagens de galinhas as diferenças quanto à qualidade dos ovos como: durabilidade, oxidação lipídica da gema (diferentes preparações), viscosidade, resistência da membrana, potencial emulsificante, formação de espuma e com a utilização de análise sensorial detectar diferenças perceptíveis de sabor, odor, textura a aparência. O projeto será realizado na ESALQ-USP com o Setor de Aves do Departamento de Genética e o Departamento de Agroindústria Alimentos e Nutrição, onde 160 galinhas de postura com idade de 20 semanas provenientes de duas diferentes linhagens com fins produtivos diferenciados (comercial e alternativo) receberão diferentes dietas visando otimizar a coloração vermelha na gema. Para isto serão utilizadas três diferentes dietas com a adição de 1,5 e 2% de urucum in natura na ração comercial, e a terceira contempla a concentração de 0,001 e 0,006 % de aditivos artificiais denominados carophill yellow e red respectivamente. Assim cada linhagem estará dividida em um grupo controle e três dietas diferenciadas por aditivos, totalizando oito tratamentos.