Busca avançada
Ano de início
Entree

Nanocompósitos de polímeros biodegradáveis (amido e PHB) e argilas catiônicas: preparação e caracterização

Processo: 06/61275-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Vera Regina Leopoldo Constantino
Beneficiário:Gustavo Frigi Perotti
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/60596-8 - Espécies complexas com potencial aplicação em bioinorgânica, catálise, farmacologia e química ambiental: concepção, preparação, caracterização e reatividade, AP.TEM
Assunto(s):Materiais híbridos   Argilas catiônicas   Amido   Materiais compósitos

Resumo

Os polímeros biodegradáveis obtidos de fontes renováveis têm potencial aplicação comercial como bioplásticos, apresentando propriedades que podem ser comparadas com as dos polímeros à base de petróleo. Contudo, algumas propriedades físico-químicas e mecânicas precisam ser melhoradas para que esses polímeros possam ser economicamente competitivos. Uma estratégia inovadora consiste na modificação dos biopolímeros através da formação de materiais híbridos nanoestruturados obtidos pela combinação com sólidos inorgânicos lamelares. O presente projeto tem como objetivo principal preparar e caracterizar "nanocompósitos verdes" obtidos da combinação de amido com argilas esmectitas na forma sódica (hidrofílica) e da combinação do poli(3-hidroxibutirato), PHB, com argilas organofílicas. Os nanocompósitos serão preparados pelo método da esfoliação da argila catiônica em meio contendo o polímero dissolvido em água (no caso do amido) ou fundido (amido ou PHB), de modo a encontrar parâmetros sintéticos que conduzam a uma alta compatibilidade entre as fases orgânica e inorgânica, de modo a permitir elevada dispersão da argila no biopolímero. Os materiais obtidos serão caracterizados por análise química, análise térmica (TGA/DSC-MS), análise Térmica Dinâmico-Mecânica (DMA), difratometria de raios X, espectroscopia vibracional Raman e no infravermelho, microscopia eletrônica de varredura e de transmissão. (AU)