Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do agonista do receptor de reativação de proliferação de peroxissomo-y, 15-deoxi-delta12,14-pgj2 na adesão e migração celular e seu papel no controle da hipernocicepção

Processo: 05/60295-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2006
Vigência (Término): 10 de agosto de 2006
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Sérgio Henrique Ferreira
Beneficiário:Marcelo Henrique Napimoga
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil

Resumo

O recrutamento de leucócitos para o foco inflamatório é um fenômeno fundamental para a defesa do organismo contra agentes lesivos. No entanto, há situações em que tal migração é deletéria, como nas doenças inflamatórias imunes. A patogênese destas doenças, tais como artrite reumatóide envolve uma resposta inflamatória imune Th1 com produção de citocinas e quimiocinas ocasionando lesões em órgãos e tecidos, além de dor, esta última sendo um importante componente limitante da vida dos pacientes. Os ligantes do receptor de ativação de proliferação de peroxissomo-y (PPAR-y), como a 15-deoxy-Δ12-14-PGJ2 (15d-PGJ2) tem sido apontado como uma nova classe de compostos anti-inflamatórios. Tem sido sugerido que o PPAR-y possa estar envolvido na modulação da inflamação através do controle da expressão de certas citocinas e quimiocinas, que constituem uma ligação entre a injúria celular e o desenvolvimento de manifestações inflamatórias como migração celular e hipernocicepção. Na presente estudo, nosso objetivo será investigar as propriedades anti-inflamatórias do agonista de PPAR-y o 15d-PGJ2 (agonista natural), sobre migração celular, nocicepção e lesão tissular em modelo de inflamação imune (modelo de artrite). (AU)