Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da expressão gênica na epilepsia de lobo temporal mesial através da técnica de chip de DNA em espécimes cirúrgicos hipocampais de pacientes refratários à medicação e em tecido cerebral de modelos

Processo: 08/54789-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Iscia Teresinha Lopes Cendes
Beneficiário:Cláudia Vianna Maurer Morelli
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/56578-4 - Centro multimodal de neuroimagens para estudos em epilepsia, AP.CINAPCE.TEM

Resumo

A epilepsia de lobo temporal mesial (ELTM) é reconhecidamente uma síndrome de grande importância clínica não somente por sua alta incidência, mas também, por ser freqüentemente refratária ao tratamento medicamentoso. As diferentes modalidades de neuroimagem identificam a atrofia hipocampal e outros sinais indicativos de esclerose mesial temporal (EMT) como o mais proeminente achado em pacientes com ELTM de difícil controle clínico. Apesar destas observações, ainda não estão bem esclarecidas as relações entre esses achados morfológicos e os mecanismos epileptogênicos mediando essas condições. Espécimes cirúrgicos de pacientes com ELTM intratável oferecem uma oportunidade única para responder questões relacionadas com a fisiopatologia da EMT dentro do contexto da ELTM incluindo a investigação de fatores genéticos relevantes possivelmente associados a refratariedade medicamentosa de algumas formas de ELTM. Da mesma forma, modelos animais de epilepsia são valiosos para os estudos dos mecanismos moleculares responsáveis pela atrofia hipocampal e outros aspectos ligados a fisiopatologia da epilepsia. Este projeto visa, através da expressão gênica de larga escala, investigar os processos moleculares que permeiam a ELTM associada à EMT em espécimes cirúrgicos humanos e em modelos animais de ELT. Esta abordagem multidisciplinar coloca este projeto de pesquisa num patamar de competitividade internacional, onde os dados gerados efetivamente contribuem para o avanço do conhecimento na área das epilepsias. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.