Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliacao in vitro da eficacia de aparelhos de fototerapia por fibras opticas - blanket lux e biliblanket.

Processo: 05/57095-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2006
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Sérgio Tadeu Martins Marba
Beneficiário:Sheila de Oliveira Meira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Fibra óptica   Fototerapia

Resumo

A fototerapia tem evoluído no sentido de ampliar sua eficácia e reduzir o tamanho dos equipamentos utilizados. Os sistemas de fototerapia convencionais apresentam uma série de desvantagens, tais como necessidade de uso de protetores oculares e de interrupção do tratamento durante a amamentação. Novas técnicas utilizando fibras ópticas têm sido desenvolvidas de modo a minimizar tais problemas. A principal vantagem deste método é o fato de ser o único que pode ser utilizado no interior de incubadoras, permitindo a realização de fototerapia dupla em pacientes prematuros. Acredita-se que um novo equipamento produzido pela Kom-Lux®, o Blanket Lux®, emita irradiância de intensidade semelhante a equipamentos já conhecidos, como o Biliblanket®, e que também possa apresentar uma maior durabilidade de sua fonte luminosa. A vantagem do Blanket Lux® consiste no fato de sua fabricação ser nacional, apresentando um custo significativamente inferior ao do Biliblanket®, importado. Nosso objetivo será comparar a eficácia desse aparelho com o Biliblanket®, testando a durabilidade de sua fonte luminosa, a irradiância emitida e a degradação in vitro da bilirrubina à análise dos dados será feita de forma comparativa entre as variáveis dependentes e independentes, utilizando-se o teste Qui-quadrado de Pearson ou o teste de Yates. Serão traçadas curvas comparativas da degradação da bilirrubina produzida pelos diferentes aparelhos, avaliando a eficácia deste novo equipamento quando usado na redução de níveis de bilirrubinemia em neonatos. (AU)