Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização do bagaço de cana-de-açúcar como suporte de imobilização de células para a produção de xilitol em diferentes sistemas e modos de condução

Processo: 04/05122-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2004
Vigência (Término): 31 de julho de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Silvio Silvério da Silva
Beneficiário:Juliana Polizel
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Química de Lorena (FAENQUIL). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). Lorena , SP, Brasil
Assunto(s):Xilitol   Bagaço de cana-de-açúcar   Materiais lignocelulósicos   Hidrolisado hemicelulósico   Candida guillermondii   Fermentação

Resumo

Este trabalho dará continuidade ao projeto já aprovado pela Fapesp (Processo 02/09528-3), onde ocorrerá apenas a substituição do aluno de Iniciação Científica pleiteado com a respectiva bolsa. É conhecido que os materiais lignocelulósicos são fontes abundantes de compostos orgânicos, apresentando grande potencial de uso como matéria-prima em processos industriais. Entre estes materiais, o bagaço de cana-de-açúcar, subproduto da indústria açucareira, tem sido utilizado nestas indústrias como fonte energética em substituição ao óleo combustível no processo de aquecimento das caldeiras e para a geração de energia elétrica. Anda assim, há um excedente e muitos trabalhos de pesquisa têm sido desenvolvidos para o seu aproveitamento. Entre estes trabalhos, pode-se destacar o uso do hidrolisado da fração hemicelulósica do bagaço de cana-de-açúcar para a produção de xilitol, um açúcar-álcool com 5 átomos de carbono empregado nas indústrias alimentícia, odontológica e farmacêutica. Neste contexto, o presente tem como objetivo a avaliação do bagaço de cana-de-açúcar como suporte de imobilização de células de Candida guilliermondii FTI 20037, visando a produção de xilitol a partir de hidrolisado hemicelulósico obtido a partir deste mesmo resíduo agrícola. Serão realizados ensaios visando estabelecer as condições de imobilização, após o que serão conduzidas fermentações em frascos Erlenmeyer e em reator de mistura, avaliando-se bateladas simples e repetidas de fermentação. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.