Busca avançada
Ano de início
Entree

Interferências de estímulos visuais na produção escrita de surdos sinalizadores sem queixas de alterações na escrita

Processo: 08/11277-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Maria Silvia Cárnio
Beneficiário:Maria Gloria Gomes Rodrigues
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Linguagem de sinais   Surdez   Percepção visual   Escrita

Resumo

Esta pesquisa de iniciação científica fará parte de um projeto maior intitulado "Interferências de Estímulos Visuais na Produção Escrita de Surdos Sinalizadores com e sem queixas de alterações na escrita", de responsabilidade da orientadora desse projeto, Profa. Dra. Maria Silvia Cárnio. Crianças usuárias da língua de sinais enfrentam dificuldades no processo de alfabetização, quando estão inseridas em escolas regulares, pois sua língua não representa a língua de instrução da escola. Assim, sua alfabetização depende do desenvolvimento de programas educativos, estratégias pedagógicas e ferramentas de avaliação. As elaborações de produções escritas suscitadas por imagens mostram-se facilitadoras para essa população, já que essa estratégia é uma tarefa familiar para as crianças ensinadas por meio da língua de sinais. Este estudo tem por objetivo comparar a produção escrita de estudantes surdos sinalizadores sem queixas de leitura e escrita com base em estímulos visuais diferentes. Serão sujeitos dessa pesquisa 30 surdos, com perda auditiva neurossensorial bilateral de grau severo ou profundo, de ambos os sexos, independente da faixa etária, usuários da Língua Brasileira de Sinais (Libras), com escolaridade entre 3a e 4a séries do Ensino Fundamental, alunos da Escola para Crianças Surdas Rio Branco, da Fundação de Rotarianos de São Paulo. Os sujeitos serão avaliados em grupos pequenos, por meio de provas de produção escrita baseadas em figuras em sequência lógica e figura de ação. Os dados serão tratados e analisados qualitativamente de acordo com as competências comunicativas (linguística, genérica e enciclopédica). Cada produção receberá uma pontuação que será analisada estatisticamente. (AU)