Busca avançada
Ano de início
Entree

Episodios sucessivos de insulto renal pela gentamicina em ratos velhos: protecao funcional adquirida?

Processo: 00/06599-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2000
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2000
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Médico-cirúrgica
Pesquisador responsável:Maria de Fatima Fernandes Vattimo
Beneficiário:Carla Roberta Tejos
Instituição-sede: Escola de Enfermagem (EE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Nefrotoxicidade   Gentamicinas

Resumo

A Insuficiência Renal Aguda (IRA) é uma síndrome de lesão renal bilateral de origem isquêmica ou nefrotóxica, caracterizada pela não excreção das escórias do metabolismo endógeno e associada ou não à oligúria. A nefrotoxicidade por drogas é responsável por 27% dos casos de IRA hospitalar. Alguns fatores têm sido sugeridos como potencializadores da nefrotoxicidade dos aminoglicosídeos (classe de antibióticos muito utilizada na clínica), entre eles a desidratação; a obesidade; a existência de lesão renal prévia e a idade avançada. A ocorrência de episódios sucessivos de lesão renal tem sido relatada como determinante de aquisição de mecanismo protetor funcional ao rim. Estes dados referem-se à exposição do rim ao mesmo insulto e são relativos ao evento isquêmico. O objetivo deste estudo é a avaliação da função renal de ratos considerados velhos submetidos ao tratamento sub-crônico com gentamicina (genta) em um ou dois momentos. A avaliação da função renal de ratos velhos tratados com genta já foi estudada por este laboratório e reitera os dados da literatura, onde o animal envelhecido apresenta função renal diminuída se comparado ao rato adulto, sendo, portanto, a genta mais nefrotóxica nesta população. Este estudo visa a elucidação das bases fisiopatológicas da repetição de episódios de IRA em ratos velhos, no sentido de possibilitar a racionalização do cuidado de enfermagem na identificação de fatores de risco individuais para a IRA. (AU)